Google+ Followers

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

O acanhado arbusto damiana opera milagres afrodisíacos em homens e mulheres.


Se você procura um afrodisíaco infalível, já encontrou. E mais: funciona para ele e para ela. É a damiana, um arbusto que viceja nas Américas e que produz flores pequenas e aromáticas. Dizem que exala um cheiro semelhante à camomila e à maconha. De fato, ela tem um óleo que é responsável por efeitos milagrosos. Combate enfisemas, frigidez, impotência, infertilidade… alivia os efeitos do mal de Parkinson, da menopausa e da inflamação na próstata. Enfim, é uma planta milagrosa — é o que dizem.
De tanto que dizem, a revista científica Psychopharmacology foi pesquisar e publicou um estudo em que se prova as qualidades indiscutíveis da damiana. Segundo o estudo, conduzido com ratos impotentes, os pequenos animais simplesmente viraram a mesa com doses caprichadas do princípio ativo da provocante plantinha, apresentando “excelentes resultados no nível de ereção, ejaculação e número de cópulas”.
O arbusto, originário do México, foi amplamente utilizado por Maias e Astecas, preparado em infusões ou, secas, fumado em grandes cigarros. O objetivo era o mesmo: melhorar o desempenho sexual. Costume que vem sendo praticado ao longo dos séculos nas plagas mexicanas, da mesma forma que antigamente, ou por meio de licores já engarrafados industrialmente. Hoje, já se atribui à planta outras qualidades além dos benefícios sexuais, como reguladora do sistema nervoso nos casos de ansiedade, depressão e fibromialgia, e tônico geral, utilizado por esportistas para aumentar o desempenho.
No Brasil, a damiana pode ser encontrada na forma de licores em casas de importação de bebidas. Mas também é possível adquirir seu princípio ativo em farmácias de manipulação, que vendem o produto sob receita médica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário